Grécia – Revisão / Aprofundamento

Segue abaixo um breve checklist sobre Antiguidade Clássica grega.
O recorte foi feito a partir dos assuntos mais cobrados por vestibulares nos últimos anos. Observe cada tópico e veja se você consegue explicar cada um deles.
Em anexo há um texto de aprofundamento sobre as pólis (16 páginas, 10MB).

1 – Formação da Grécia
– localização e características da Península Balcânica
– origem creto-micênica (mito do minotauro)

2 – Formação e características das Pólis
– autonomia
– parte urbana permite contato mais frequente entre habitantes, ideias (internas e externas) e concepções abstratas, formando o terreno fértil para a política e filosofia
– grande influência oriental (escrita, navegação, técnicas agrícolas, aspectos religiosos)

2.1 – Esparta
– Região do Peloponeso (fértil)
– Estrutura social (espartanos, hilotas e periecos)
– Vida política restrita aos espartanos
– Militarismo

2.2 – Atenas
– Região da Ática (voltada para o Mar Egeu)
– Transformações da estrutura socioeconômica (agrícola-aristocrática -> comercial-democrática)
– Democracia (direta, restrita a homens livres atenienses)
– Conceito de liberdade (se associa à participação política)

3 – Guerras

3.1 – Médicas
– Gregos x Persas – vitória grega
– Levam à criação da Liga de Delos
– Liga de Delos: enriquecimento e imperialismo ateniense (Século de Ouro de Péricles; auge da escravidão; auge da democracia; auge da filosofia clássica)
– Reação espartana: Liga do Peloponeso

3.2 – Guerra do Peloponeso
– Liga de Delos (Atenas) x Liga do Peloponeso (Esparta) – vitória espartana
– Levam ao enfraquecimento das cidades-estado e permitem a invasão macedônia

4 – Período Macedônio e Helenístico
– Conquista da Macedônia sobre a Grécia
– Enorme contato e fusão da cultura grega com culturas orientais

5 – Cultura Grega
– Teatro (tragédia – reiterar papéis sociais; comédia – criticar comportamentos entendidos como imorais)
– Olimpíadas (une povos gregos sem ignorar suas diferenças; função cívica e festiva, com lastros religiosos)
– Filosofia (filha das Pólis)
– Escravidão naturalizada (Aristóteles)
– Homero (Ilíada e Odisseia – narrativa épica da Guerra de Troia)
– Heródoto (“Histórias” – propõe uma narrativa não épica e não poética da Guerra do Peloponeso)

ANDERSON, Perry. Passagens da antigüidade ao feudalismo -Grecia

Calendário

outubro, 2018

Ordenar Opções

dom

seg

ter

qua

qui

sex

sab

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Sem eventos.

ÚLTIMOS POSTS

Literatura Unicamp: Caminhos Cruzados
Literatura Unicamp: Caminhos Cruzados.

Ola pessoal, tudo bem? Segue o material correspondente a nossa aula sobre o livro Caminhos Cruzados. Caminhos cruzados (Érico Veríssimo) Bons estudos! [mais]

Análise de imagem na I Guerra Mundial
Análise de imagem na I Guerra Mundial.

Observe as imagens em anexo. Considere as seguintes características: – uso de propaganda como arma de guerra / recrutamento – apelo nacionalista se funde ao militar (“Bretões” / imagem do marechal Kitchener) – o inimigo como bárbaro (o gorila alemão) – símbolos nacionalistas (cores da bandeira estadunidense) – um aspecto excepcional da propaganda russa: o […] [mais]

Baixa Idade Média – Revisão
Baixa Idade Média – Revisão.

Assim como nas propostas anteriores, observe os tópicos e veja se consegue explicá-los. Novamente, a seleção de temas foi feita a partir da incidência nos últimos grandes vestibulares. 1 – Cruzadas  – contexto de pressão demográfica – interesse da nobreza por terras – a construção do infiel – consequências econômicas 2 – Comércio (Renascimento comercial […] [mais]