História Geral: O Iluminismo – Revisão

O Iluminismo

1 – Contexto
– Europa do Antigo Regime (XVIII)
– Ascensão do comércio e circulação de ideias
– Insatisfação do 3º Estado com sua marginalização social e política
– Crescente valorização da razão (em oposição aos costumes, tradições e explicações religiosas/sobrenaturais)

2 – Precursores
2.1 – Renascimento Científico
– Nicolau Copérnico: derruba o geocentrismo ao demonstrar o heliocentrismo
– Johannes Kepler: inventa o telescópio; descobre a órbita elíptica dos astros (em oposição à perfeição divina da suposta órbita circular)
– Galileu Galilei: através do telescópio e da matemática, consolida o heliocentrismo copernicano
2.2 – Herdeiros do Renascimento Científico e precursores do Iluminismo e da Ciência
– René Descartes: racionalismo (cada etapa de um processo lógico deve ser verificada e, portanto, só se alcança a verdade através da dúvida)
– Isaac Newton: Lei da Gravitação Universal (constrói o método científico ainda usado)

3 – Pensadores: política
– John Locke: direitos naturais, contratualismo, direito à rebeldia
– Barão de Monstesquieu: tripartição do poder
– François Voltaire: liberdade de pensamento
– Jean-Jacques Rousseau: crítica à propriedade privada, autoridade da maioria

4 – Pensadores: economia
– Quesnay: fisiocracia, “laissez-faire”
– Adam Smith: riqueza proveniente do trabalho, mão invisível do mercado, pai do liberalismo econômico

5 – A circulação de ideias
– o enorme analfabetismo não foi barreira grande o suficiente para impedir a disseminação do ideário iluminista
– produções complexas e organizadas passaram a circular com mais intensidade (ex. A Enciclopédia, de Diderot e D`Alembert)
– há importante impacto no espaço colonial (América), dando sustentação ideológica a rebeliões contra a metrópole, tributação, falta de autonomia política etc.


6 – O Despotismo Esclarecido
– segunda metade do século XVIII
– alguns monarcas absolutistas adotam reformas consideradas racionais
– pode ser visto como uma concessão para tentar evitar a perda de poder (atrasou, mas não impediu que ocorresse)
– Ex.: José II da Áustria; Marquês de Pombal (Portugal); Carlos III da Espanha; Frederico II da Prússia; Catarina II da Rússia

7 – Extras
– A crítica de Rousseau à propriedade privada e o apreço à natureza e aos sentidos o torna uma exceção entre seus pares iluministas
– As reformas pombalinas ampliaram a fiscalização sobre o Brasil e produziram um ambiente tenso entre colonos e autoridades da Coroa
– A ideia de um “Século das Luzes” é uma construção ideológica, crítica ao Antigo Regime, à religião e à Idade Média
– A Enciclopédia divide os assuntos em áreas e verbetes, produzindo uma segmentação do conhecimento que nos é comum, mas que até então havia em escala muito menor

Calendário

março, 2019

Ordenar Opções

dom

seg

ter

qua

qui

sex

sab

-

-

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Sem eventos.

ÚLTIMOS POSTS

Recado da coordenação
Recado da coordenação.

É dada a largada para 2019, e com ela surgem muitos anseios, esperanças e até mesmo questionamentos. Ingredientes fundamentais para esse início de curso. E o que dizer dos professores? Cada um com as suas formas particulares de lecionar, num encantamento que nos seduz e inspira para que façamos sempre o  melhor. Logo de início […] [mais]

Recado da Orientação
Recado da Orientação.

Você já fez uma escolha hoje? Você já fez uma escolha hoje? Talvez suas roupas, o caminho que escolheu para ir ao cursinho, um relacionamento. Vivemos em uma sociedade em que temos liberdade para escolher, e de fato esta é uma conquista essencial. Porém, em um mundo com tantas possibilidades, nem sempre é fácil encontrar […] [mais]

MAB a todo vapor!
MAB a todo vapor!.

O primeiro dia do nosso mutirão de assuntos básicos aconteceu neste sábado 09/03 e a luta continua. Não se esqueçam que daremos continuidade nessa atividade sábado agora 16/03 com os professores Hipólito e Bárbara com o tema “matemática do cotidiano”, Vini e Carrara com o tema “notação científica” e por fim o tema “Unidades de […] [mais]