Unicamp divulga lista de livros válida para o Vestibular 2018

Unicamp divulga lista de livros válida para o Vestibular 2018

A nova lista apresenta alteração de três obras em relação à lista anterior

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) está divulgando a lista de livros de literatura de língua portuguesa, cuja leitura é obrigatória para candidatos ao Vestibular Unicamp 2018. São 12 obras de diferentes gêneros e extensões, de autores das literaturas brasileira, africana e portuguesa. A cada ano, a Unicamp renovará parcialmente as obras que compõem a lista, para permitir o planejamento do professor e, ao mesmo tempo, acompanhar a dinâmica própria do sistema de ensino, cujo público se renova todos os anos. A lista para o Vestibular 2018 apresenta três obras novas em relação à anterior. É importante destacar que essa lista não é a mesma para o Vestibular Unicamp 2017.

A lista de obras inclui romances, poesia, peça teatral, contos e sermões, a fim de levar o vestibulando a ampliar o seu campo de estudos, sem sobrecarregá-lo no volume de leituras. Abaixo está o programa de leituras para o Vestibular Unicamp 2018. As obras marcadas em negrito são as que foram inseridas na lista atual. As demais já constavam da lista anterior.

Poesia:
Luís de Camões, Sonetos. 1
Jorge de Lima, Poemas Negros (Livro distribuído pelo governo federal no PNBE).

Contos:
Clarice Lispector, Amor, do livro Laços de Família.
Guimarães Rosa, A hora e a vez de Augusto Matraga, do livro Sagarana.
Monteiro Lobato, Negrinha, do livro Negrinha (Livro distribuído pelo governo federal no PNBE).
Machado de Assis, O espelho. 2

Teatro:
Dias Gomes, O bem amado. 3

Romance:
Aluísio Azevedo, O cortiço.
Camilo Castelo Branco, Coração, cabeça e estômago (Livro em domínio público).
Érico Veríssimo, Caminhos Cruzados (Livro distribuído pelo governo federal no PNBE).
Mia Couto, Terra Sonâmbula.

Sermões:
Antonio Vieira 4
(1) Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1672;
(2) Sermão de Quarta-feira de Cinza – Ano de 1673, aos 15 de fevereiro, dia da trasladação do mesmo Santo;(3) Sermão de Quarta-feira de Cinza – Para a Capela Real, que se não pregou por enfermidade do autor.

1 Clique aqui para ver os sonetos selecionados, cuja leitura é obrigatória.

2 Clique aqui para ver obra em domínio público.

3 O bem amado. Farsa sociopolítico-patológica em 9 quadros. 12ª ed. Rio de Janeiro: Bertand Brasil, 2014. (ver arquivo disponível na SBAT, correspondente à edição citada).

4 Vieira, Antonio. Sermões de Quarta-feira de Cinza. Org: Alcir Pécora. 1ª ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2016. Clique aqui para ver.

OBS.: para ver a lista de livros do Vestibular 2019, clique aqui.

FONTE:http://www.comvest.unicamp.br/vestibular-2018/isencao-2018/

Calendário

outubro, 2018

Ordenar Opções

dom

seg

ter

qua

qui

sex

sab

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Sem eventos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A pedido do MEC, governo adia início do horário de verão por causa do Enem 2018
A pedido do MEC, governo adia início do horário de verão por causa do Enem 2018.

Antes previsto para o dia 4 de novembro, o novo horário deve entrar em vigor no dia 18 seguinte. O presidente Michel Temer resolveu atender o pedido do Ministério da Educação (MEC) para adiar o início do horário de verão. A mudança nos relógios estava prevista para o dia 4 de novembro, primeiro dia de provas […] [mais]

MEC oficializa pedido para adiar horário de verão por causa do Enem
MEC oficializa pedido para adiar horário de verão por causa do Enem.

Solicitação, que já havia sido feita em caráter informal conforme revelou o GLOBO, foi encaminhada à Casa Civil   BRASÍLIA – O Ministério da Educação (MEC) formalizou nesta quinta-feira o pedido para adiamento do início do horário de verão neste ano por causa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Conforme o GLOBO revelou ontem, o […] [mais]

Exposição homenageia os 90 anos de “Macunaíma”
Exposição homenageia os 90 anos de “Macunaíma”.

Mostra que será aberta nesta sexta-feira, dia 3, na USP, traz obras que retratam o romance de Mário de Andrade O enigma da máquina, Impressão Fine Art, s/ Canvas, de Cleusa Rosseto – Foto: Divulgação Cenas do “herói sem nenhum caráter”, do escritor Mário de Andrade (1893-1945), inspiraram as telas, desenhos, fotografias e instalações dos […] [mais]