Enem 2015: 2,5 milhões já se inscreveram até esta sexta

O MEC (Ministério da Educação) divulgou na manhã desta sexta-feira (29) que 2.530.000 já se inscreveram no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2015. 

As inscrições para o Enem devem ser realizadas pela internet, no site INSCRIÇÃO ENEM até as 23h59 do dia 5 de junho. A taxa de inscrição será de R$ 63. O prazo final para o pagamento do boleto será no dia 10 de junho, às 21h59.

Interessados têm relatado lentidão no site de inscrição e problemas para completar os formulários. O Inep, autarquia do MEC responsável pelo exame, minimiza os problemas e recomenda que as inscrições sejam feitas em “horários de menor fluxo na internet” sem dizer que horários seriam esses.

O participante concluinte do ensino médio no ano de 2015, matriculado em qualquer modalidade de ensino em escola da rede pública, será automaticamente isento do pagamento da taxa. Também será possível solicitar isenção do pagamento mediante declaração de carência no momento da inscrição.

As provas do Enem serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro. No primeiro dia, serão aplicadas as provas de ciências humanas e ciências da natureza. No segundo, serão os exames de linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e redação. Nos dois dias, as provas começam às 13h30 (horário de Brasília), com abertura dos portões às 12h.

O que é o Enem?

Exame Nacional do Ensino Médio foi criado em 1998 com o objetivo de diagnosticar a qualidade do ensino médio no país. Em 2009, o exame ganhou uma nova função: selecionar ingressantes nos cursos superiores de faculdades e universidades federais por meio do Sisu (Sistema de Seleção Unificada).

Também pode ser utilizado para concorrer a vagas em instituições privadas de ensino superior, por meio do Prouni (Programa Universidade para Todos) ou para obter financiamento pelo Fies (Fundo de Financiamento Estudantil).

Candidatos interessados em cursos técnicos também poderão usar a nota para concorrer a vagas pelo Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica).

Uma boa avaliação no Enem é também requisito para obter bolsa no Programa Ciência sem Fronteiras. O exame é usado ainda para certificação do ensino médio de estudantes maiores de 18 anos que não têm o documento.

É uma prova aplicada anualmente pelo MEC, por meio do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). O exame é composto de 180 questões mais uma redação – ele é realizado em dois dias de prova, no segundo semestre. 

FONTE

Calendário

janeiro, 2019

Ordenar Opções

dom

seg

ter

qua

qui

sex

sab

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Sem eventos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Enem 2018: resultado é divulgado pelo Inep; veja como consultar a nota
Enem 2018: resultado é divulgado pelo Inep; veja como consultar a nota.

Resultado dos treineiros só será divulgado no dia 18 de março. As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 foram divulgadas na manhã desta sexta-feira (18). Para acessar, os candidatos que fizeram o exame devem entrar na Página do Participante (https://enem.inep.gov.br/), incluir o CPF e a senha cadastrada. A nota do Enem só […] [mais]

Sobe para 37 o total de universidades que aceitam notas do Enem em Portugal
Sobe para 37 o total de universidades que aceitam notas do Enem em Portugal.

Inep assinou novo convênio com a Universidade Europeia de Lisboa. A Universidade Europeia de Lisboa será a 37ª instituição de ensino superior de Portugal que vai aceitar o uso da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na seleção de alunos brasileiros. O novo convênio com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foi […] [mais]

Ministério da Educação define regras para o Fies do primeiro semestre de 2019
Ministério da Educação define regras para o Fies do primeiro semestre de 2019.

Inscrições de 5 a 12 de fevereiro de 2019 O Fies é um programa de financiamento para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas. A portaria mantém as regras sobre quem poderá participar do financiamento: Quem tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, tenha nota igual ou maior […] [mais]