Formas de ingresso na UNICAMP 2019

Mudanças no vestibular e demais formas de ingresso começam a valer este ano na Unicamp

 

A partir do próximo processo seletivo, o Vestibular 2019, a Unicamp passa a colocar em prática os mecanismos que criam múltiplas formas de ingresso nos seus cursos de graduação. O objetivo das novas “portas de entrada” para a Universidade é ampliar a representação do conjunto da sociedade na Unicamp. A aprovação de tais medidas ocorreu em novembro de 2017, em uma decisão história do Conselho Universitário (Consu).

A proposta inovadora foi formulada por um Grupo de Trabalho (GT Ingresso) constituído pelo próprio Consu, debatida nas congregações de faculdades e institutos e aprovada pela Câmara Deliberativa do Vestibular e Comissão Central de Graduação (CCG).

Entre as medidas que passam a valer, a partir deste ano, estão:

  • adoção de um sistema de cotas étnico-raciais que reserva 25% das vagas disponíveis para candidatos autodeclarados pretos e pardos;
  • criação do Vestibular Indígena;
  • adesão ao Enem (20% do total de vagas);
  • mudanças para aprimorar o Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (PAAIS), que bonifica estudantes de escolas públicas;
  • vagas para os melhores colocados em olimpíadas científicas e competições de conhecimento;
  • estudo sobre o Programa de Formação Interdisciplinar Superior (ProFis), para estudantes da rede pública, para avaliar a viabilidade de ampliação.

Leia a seguir, um pouco mais sobre cada uma das ações.

Cotas

O percentual de vagas reservadas para pretos e pardos será de 25%, em 2019, sendo reavaliado para os exames posteriores até que se possa atingir a meta de ter entre os ingressantes o mesmo percentual da população autodeclarada preta e parda no Estado de São Paulo, atualmente em 37,2%. Para se obter esse índice, 10% do total das vagas serão oferecidas via Enem e 15%, no mínimo, pelo Vestibular Unicamp. A adoção da reserva de vagas (cotas) vai contemplar todos os cursos de graduação e em todos os turnos.

Os candidatos autodeclarados pretos e pardos optantes pelo sistema de cotas, que tenham obtido nota superior à nota de corte do vestibular, serão convocados se houver número de candidatos suficientes, até que se alcance a meta.

ENEM

As vagas oferecidas pelo Enem serão distribuídas da seguinte forma: 10% de estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas; 5% de estudantes que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas e sejam autodeclarados pretos, pardos ou indígenas. 5% de estudantes que sejam autodeclarados pretos e pardos. Assim, o total de vagas via Enem será de 20%. A seleção via Enem estará definida por meio de um edital específico.

PAAIS

O Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (PAAIS) terá seu sistema de bonificação alterado. Na primeira e na segunda fase, serão adicionados pontos à nota dos candidatos que tenham cursado escola pública. Serão 20 pontos para aqueles que cursaram integralmente o ensino fundamental II em escolas públicas e 40 pontos para aqueles que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas. No caso dos candidatos que cursaram ambos os períodos na rede pública, a pontuação adicionada será de 60 pontos.

Vestibular Indígena

Será criado o Vestibular Indígena, a ser realizado em data diferente do Vestibular Unicamp, com duas vagas extras ou regulares nos cursos que aderirem ao Vestibular Indígena 2019. As vagas oferecidas nesta modalidade serão consideradas vagas adicionais na 1ª chamada do Vestibular Unicamp, preservando-se o número de vagas totais oferecidas pelo curso para as chamadas subsequentes. O ingresso será na mesma época de matrículas do vestibular tradicional.

Olimpíada científica

Até 10% das vagas extras ou regulares de cada curso que optarem por essa modalidade. Haverá a publicação de um edital separado para o preenchimento dessas vagas, que ocorrerá na mesma época de matrículas do vestibular tradicional.

ProFis

Foram sugeridos estudos para avaliar a viabilidade de abrir novas vagas para Campinas e para os municípios de Limeira e Piracicaba, bem como vagas nos cursos de graduação da Unicamp para os egressos do ProFIS.

 

 

Fonte 

Calendário

outubro, 2018

Ordenar Opções

dom

seg

ter

qua

qui

sex

sab

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Sem eventos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

A pedido do MEC, governo adia início do horário de verão por causa do Enem 2018
A pedido do MEC, governo adia início do horário de verão por causa do Enem 2018.

Antes previsto para o dia 4 de novembro, o novo horário deve entrar em vigor no dia 18 seguinte. O presidente Michel Temer resolveu atender o pedido do Ministério da Educação (MEC) para adiar o início do horário de verão. A mudança nos relógios estava prevista para o dia 4 de novembro, primeiro dia de provas […] [mais]

MEC oficializa pedido para adiar horário de verão por causa do Enem
MEC oficializa pedido para adiar horário de verão por causa do Enem.

Solicitação, que já havia sido feita em caráter informal conforme revelou o GLOBO, foi encaminhada à Casa Civil   BRASÍLIA – O Ministério da Educação (MEC) formalizou nesta quinta-feira o pedido para adiamento do início do horário de verão neste ano por causa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Conforme o GLOBO revelou ontem, o […] [mais]

Exposição homenageia os 90 anos de “Macunaíma”
Exposição homenageia os 90 anos de “Macunaíma”.

Mostra que será aberta nesta sexta-feira, dia 3, na USP, traz obras que retratam o romance de Mário de Andrade O enigma da máquina, Impressão Fine Art, s/ Canvas, de Cleusa Rosseto – Foto: Divulgação Cenas do “herói sem nenhum caráter”, do escritor Mário de Andrade (1893-1945), inspiraram as telas, desenhos, fotografias e instalações dos […] [mais]