Jovens brasileiros têm sonhos e valores bem tradicionais

Perto de completar 95 anos, a Folha é jovem. Deixou de ser só de papel e estreou na internet há apenas 20 anos, com a FolhaWeb, lançada em 9 de julho de 1995.

Por volta dessa mesma época, nascia uma geração chamada por especialistas de “nativa digital”. Quando seus integrantes foram alfabetizados, já existia no Brasil a internet comercial, que chegou ao país em 1995 –ainda que levasse alguns anos até que ela se popularizasse.

Esses jovens podem não ter acessado a internet na infância, mas boa parte passou a pré-adolescência e a adolescência em lan houses, jogando on-line e tendo o primeiro gostinho de rede social com o Orkut, que arrastou multidões no Brasil a partir de 2004 até ser ultrapassado pelo Facebook em 2011.

No início era caro ter computador em casa. Mas quase não deu tempo de os PCs e a banda larga se popularizarem e já foram logo atropelados pela explosão da telefonia celular.

GERAÇÃO SMARTPHONE

Pesquisa Datafolha encomendada pelo jornal para entender essa geração que cresceu conectada confirma a preferência explícita pelo celular. O levantamento, feito em junho em 175 municípios, ouviu 2.437 pessoas, destes 1.036 jovens de 16 a 24 anos, além de 1.072 adultos com 25 anos ou mais e 329 adolescentes de 12 a 15 anos.

Dos brasileiros que têm entre 16 e 24 anos, 78% têm o próprio smartphone ou moram em uma casa com um desses aparelhos –ante apenas 52% daqueles com 25 anos ou mais.

Nenhum dos outros aparelhos pesquisados -computador de mesa, notebook, tablet, smart TV e videogame- alcança esse percentual, e nenhum deles ultrapassa 50%.

E há jovens que nem sentem falta do resto desses produtos, desde que tenham seu companheiro smartphone. O blogueiro Leonardo Moya, 23, é um deles. Ele escreve e publica textos, além de filmar, editar e postar vídeos, tudo pelo dispositivo móvel.

“Desde que comecei a usar meu smartphone, não senti mais necessidade de um computador. Meu notebook ficou parado, até simplesmente não funcionar mais”, diz.

VIDA ON-LINE

O mesmo jovem que aceitou tão rapidamente as novidades tecnológicas mostra também um lado tradicional.

 

Calendário

julho, 2019

Ordenar Opções

dom

seg

ter

qua

qui

sex

sab

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

qui11jul - 1agojul 1114:30ago 1PROVA DE BOLSA 01 de Agosto14:30 - (agosto 1) 18:40 Rua Condessa Amália nº 146Anglo Guarulhos

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Fies: MEC divulga regras para financiamento estudantil do segundo semestre de 2019
Fies: MEC divulga regras para financiamento estudantil do segundo semestre de 2019.

Prazo de inscrição vai de 25 de junho a 1° de julho; resultado com a pré-seleção sai no dia 9 de julho. O Ministério da Educação (MEC) publicou nesta sexta (31) as regras para o Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2019. Os interessados em solicitar a ajuda devem se inscrever no site do […] [mais]

Fies do segundo semestre de 2019 abre inscrições nesta terça
Fies do segundo semestre de 2019 abre inscrições nesta terça.

Serão oferecidos 150 mil contratos, dos quais 50 mil terão juro zero, de acordo com o Ministério da Educação.   Começa nesta terça-feira (25) o período de inscrições para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) do segundo semestre de 2019. O programa oferece financiamento para estudantes pagarem cursos de graduação em universidades privadas. O prazo para se […] [mais]

Sisu do 2º semestre abre as inscrições para selecionar estudantes para 59 mil vagas
Sisu do 2º semestre abre as inscrições para selecionar estudantes para 59 mil vagas.

De acordo com o Ministério da Educação, este é o maior número de vagas ofertado para o segundo semestre desde a criação do programa. Sistema usa notas do Enem para selecionar alunos que estudarão em universidades públicas.     O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para o segundo semestre de 2019 abriu as inscrições para […] [mais]