Jovens brasileiros têm sonhos e valores bem tradicionais

Perto de completar 95 anos, a Folha é jovem. Deixou de ser só de papel e estreou na internet há apenas 20 anos, com a FolhaWeb, lançada em 9 de julho de 1995.

Por volta dessa mesma época, nascia uma geração chamada por especialistas de “nativa digital”. Quando seus integrantes foram alfabetizados, já existia no Brasil a internet comercial, que chegou ao país em 1995 –ainda que levasse alguns anos até que ela se popularizasse.

Esses jovens podem não ter acessado a internet na infância, mas boa parte passou a pré-adolescência e a adolescência em lan houses, jogando on-line e tendo o primeiro gostinho de rede social com o Orkut, que arrastou multidões no Brasil a partir de 2004 até ser ultrapassado pelo Facebook em 2011.

No início era caro ter computador em casa. Mas quase não deu tempo de os PCs e a banda larga se popularizarem e já foram logo atropelados pela explosão da telefonia celular.

GERAÇÃO SMARTPHONE

Pesquisa Datafolha encomendada pelo jornal para entender essa geração que cresceu conectada confirma a preferência explícita pelo celular. O levantamento, feito em junho em 175 municípios, ouviu 2.437 pessoas, destes 1.036 jovens de 16 a 24 anos, além de 1.072 adultos com 25 anos ou mais e 329 adolescentes de 12 a 15 anos.

Dos brasileiros que têm entre 16 e 24 anos, 78% têm o próprio smartphone ou moram em uma casa com um desses aparelhos –ante apenas 52% daqueles com 25 anos ou mais.

Nenhum dos outros aparelhos pesquisados -computador de mesa, notebook, tablet, smart TV e videogame- alcança esse percentual, e nenhum deles ultrapassa 50%.

E há jovens que nem sentem falta do resto desses produtos, desde que tenham seu companheiro smartphone. O blogueiro Leonardo Moya, 23, é um deles. Ele escreve e publica textos, além de filmar, editar e postar vídeos, tudo pelo dispositivo móvel.

“Desde que comecei a usar meu smartphone, não senti mais necessidade de um computador. Meu notebook ficou parado, até simplesmente não funcionar mais”, diz.

VIDA ON-LINE

O mesmo jovem que aceitou tão rapidamente as novidades tecnológicas mostra também um lado tradicional.

 

Calendário

maio, 2019

Ordenar Opções

dom

seg

ter

qua

qui

sex

sab

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Sem eventos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Unicamp define datas do vestibular 2020 e de outras modalidades para ingresso
Unicamp define datas do vestibular 2020 e de outras modalidades para ingresso.

Primeira fase do exame será em 17 de novembro, enquanto segunda etapa está marcada para 12 e 13 de janeiro. Prazo para inscrições será aberto em 1º de agosto, diz comissão. A Unicamp confirmou na tarde desta terça-feira (16) o calendário do vestibular 2020. As inscrições devem ser realizadas pelos candidatos entre 1 de agosto […] [mais]

Unesp, Unicamp, Unifesp e ITA divulgam calendário do vestibular 2020
Unesp, Unicamp, Unifesp e ITA divulgam calendário do vestibular 2020.

Unesp terá inscrições abertas de 9 de setembro a 7 de outubro. Na Unicamp, inscrições vão de 1º de agosto a 6 de setembro. No ITA, de 1º de julho a 15 de agosto. Fuvest ainda não divulgou calendário. As universidades Unesp, Unicamp e Ita definiram as datas do vestibular 2020. O calendário foi divulgado […] [mais]

Resultado do pedido de isenção do Enem 2019 é divulgado
Resultado do pedido de isenção do Enem 2019 é divulgado.

Candidatos que tiveram a solicitação de isenção reprovada terão o direito a entrar com recursos entre 22 e 26 de abril. Provas acontecem nos dias 3 e 10 de novembro.   O resultado dos pedidos de isenção da taxa de R$ 85 da inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 foi divulgado nesta […] [mais]