Nota de corte da Fuvest cresceu em 42% dos cursos; veja a evolução

Maior aumento da nota de corte foi a de pedagogia em Ribeirão Preto.
Fuvest antecipou a divulgação da lista de aprovados para esta sexta-feira.A nota de corte do vestibular 2016 da Fuvest aumentou em 47 das 111 carreiras oferecidas na Universidade de São Paulo (USP), segundo os dados divulgados pela fundação nesta segunda-feira (14). A variação para cima aconteceu em 42,3% do total. A Fuvest 2016 tem 51 carreiras em que houve queda na nota de corte, o equivalente a 45,9% de todas as carreiras. Nas outras 13 carreiras, não houve variação.A carreira que mais viu a nota de corte crescer foi a de pedagogia em Ribeirão Preto, que subiu de 27 pontos, na Fuvest 2015, para 43 pontos na edição atual.Outras quatro carreiras tiveram um aumento de mais de 10 pontos: engenharia de biossistemas em Pirassununga (de 27 para 41 pontos), gerontologia na USP Leste (de 27 para 40 pontos), gestão ambiental na USP Leste (de 27 para 39 pontos) e licenciatura em geociências e educação ambiental (de 27 para 38 pontos).

Maiores notas de corte

A maior delas foi do curso de medicina – o candidato necessita ter atingido 73 pontos para prosseguir no processo seletivo. No ano passado, a nota de corte para a carreira foi de 72 pontos.
IMG_8646

Fonte: FUVEST

O corte para que os candidatos de medicina no campus das Clínicas, na Capital, sejam aprovados para a segunda fase é o mais alto em três edições da Fuvest, e se igualou às marcas das edições de 2013 e 2012. Porém, a nota de corte mais alta da carreira nos últimos anos continua sendo a da Fuvest 2009, quando a pontuação mínima para passar para a segunda fase foi 77.

Já no curso de psicologia, que nesta edição teve a quarta nota de corte mais alta entre as 111 carreiras, a pontuação mínima bateu recorde em pelo menos dez anos. Foi a primeira vez que a nota de corte da carreira, oferecida no campus da Cidade Universitária, na Capital, ficou acima dos 60 pontos.

Lista de aprovados

A lista dos aprovados para a segunda fase e a relação dos locais de prova serão adiantadas e divulgadas nesta sexta-feira (18) – no manual do candidato, a data inicialmente prevista era dia 21 de dezembro. A segunda fase será nos dias 10, 11 e 12 de janeiro de 2015.

Os endereços para a realização das próximas provas não necessariamente são os mesmos da primeira etapa.

A prova da primeira fase foi aplicada no dia 29 de novembro e teve 90 questões de múltipla escolha sobre conteúdos das matérias do currículo do ensino médio: português, história, geografia, matemática, física, química, biologia e inglês.

Candidatos de medicina e de engenharia na escola politécnica foram os únicos a acertar todas as respostas.

 

Segunda fase

 
Em 10 de janeiro, primeiro dia da segunda fase, todos os candidatos deverão fazer uma prova com dez questões de português e uma redação.

No dia 11, será aplicada uma prova com 16 questões dissertativas de história, geografia, matemática, física, química, biologia e inglês.

E no terceiro e último dia, serão 12 questões dissertativas, que abordam conteúdos de acordo com a carreira escolhida pelo candidato. A avaliação pode cobrar temas de duas ou três disciplinas.

A primeira chamada dos aprovados no vestibular será divulgada em 2 de fevereiro de 2016.

 

FONTE

Calendário

janeiro, 2019

Ordenar Opções

dom

seg

ter

qua

qui

sex

sab

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Sem eventos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Enem 2018: resultado é divulgado pelo Inep; veja como consultar a nota
Enem 2018: resultado é divulgado pelo Inep; veja como consultar a nota.

Resultado dos treineiros só será divulgado no dia 18 de março. As notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2018 foram divulgadas na manhã desta sexta-feira (18). Para acessar, os candidatos que fizeram o exame devem entrar na Página do Participante (https://enem.inep.gov.br/), incluir o CPF e a senha cadastrada. A nota do Enem só […] [mais]

Sobe para 37 o total de universidades que aceitam notas do Enem em Portugal
Sobe para 37 o total de universidades que aceitam notas do Enem em Portugal.

Inep assinou novo convênio com a Universidade Europeia de Lisboa. A Universidade Europeia de Lisboa será a 37ª instituição de ensino superior de Portugal que vai aceitar o uso da nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na seleção de alunos brasileiros. O novo convênio com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) foi […] [mais]

Ministério da Educação define regras para o Fies do primeiro semestre de 2019
Ministério da Educação define regras para o Fies do primeiro semestre de 2019.

Inscrições de 5 a 12 de fevereiro de 2019 O Fies é um programa de financiamento para estudantes cursarem o ensino superior em universidades privadas. A portaria mantém as regras sobre quem poderá participar do financiamento: Quem tenha feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, tenha nota igual ou maior […] [mais]