Sexta extinção em massa já começou, alertam cientistas

Um novo estudo alerta: a Terra já entrou em sua sexta extinção de massa, e temos muito pouco tempo para tentar evitar consequências dramáticas.

Em estimativas conservadoras, a taxa de desaparecimento de vertebrados — mamíferos, répteis, aves, anfíbios e peixes — está 114 vezes mais rápida que o normal, segundo a pesquisa, realizada por três das mais prestigiadas universidades do mundo: Stanford, Princeton e a University of California-Berkeley.

Se não fosse por nós, as espécies vertebradas extintas no último século demorariam entre 800 e 10 mil anos para desaparecer, estimando por baixo.

“Nossa sociedade global começou a destruir espécies de outros organismos em taxas aceleradas, dando início a um episódio de extinção de massa sem paralelos em 65 milhões de anos”, dizem os pesquisadores.

A culpa é nossa

A última extinção em massa de animais aconteceu há 65 milhões de anos, quando os dinossauros foram varridos do planeta em que vivemos.

Mas dessa vez, nem precisou de meteoro: a culpa é nossa. Pesca predatória, desmatamento, espécies invasivas introduzidas pela ação humana, o dióxido de carbono que faz os oceanos ficarem ácidos e a temperatura subir… Tudo isso é obra humana.

A ironia é que nós próprios estamos entre as espécies mais ameaçadas. O estudo aponta que os efeitos dessa extinção podem impactar muito a nossa presença na Terra.

Benefícios da biodiversidade, como a polinização e a purificação da água, podem desaparecer em três gerações, colocando a espécie humana em risco.

“Nosso ambiente é como um muro de tijolos. Podemos tirar vários tijolos que o muro continuará de pé, mas chegará um momento em que a retirada de um único tijolo o fará desmoronar”, compara Gerardo Caballos, co-autor do estudo.

FONTE

Calendário

maio, 2019

Ordenar Opções

dom

seg

ter

qua

qui

sex

sab

-

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Sem eventos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Unicamp define datas do vestibular 2020 e de outras modalidades para ingresso
Unicamp define datas do vestibular 2020 e de outras modalidades para ingresso.

Primeira fase do exame será em 17 de novembro, enquanto segunda etapa está marcada para 12 e 13 de janeiro. Prazo para inscrições será aberto em 1º de agosto, diz comissão. A Unicamp confirmou na tarde desta terça-feira (16) o calendário do vestibular 2020. As inscrições devem ser realizadas pelos candidatos entre 1 de agosto […] [mais]

Unesp, Unicamp, Unifesp e ITA divulgam calendário do vestibular 2020
Unesp, Unicamp, Unifesp e ITA divulgam calendário do vestibular 2020.

Unesp terá inscrições abertas de 9 de setembro a 7 de outubro. Na Unicamp, inscrições vão de 1º de agosto a 6 de setembro. No ITA, de 1º de julho a 15 de agosto. Fuvest ainda não divulgou calendário. As universidades Unesp, Unicamp e Ita definiram as datas do vestibular 2020. O calendário foi divulgado […] [mais]

Resultado do pedido de isenção do Enem 2019 é divulgado
Resultado do pedido de isenção do Enem 2019 é divulgado.

Candidatos que tiveram a solicitação de isenção reprovada terão o direito a entrar com recursos entre 22 e 26 de abril. Provas acontecem nos dias 3 e 10 de novembro.   O resultado dos pedidos de isenção da taxa de R$ 85 da inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 foi divulgado nesta […] [mais]