Uerj adia prova do vestibular marcada para setembro por conta da crise

Crise levou a uma paralisação dos professores que já dura cinco meses

Crise levou a uma paralisação dos professores que já dura cinco meses Foto: Daniel Marenco / Agência O Globo

A crise enfrentada pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), que é considerada a maior de sua história, acabou levando a uma decisão inédita: o adiamento do seu vestibular. Com isso, a prova do segundo exame de qualificação marcado inicialmente para o dia 11 de setembro deve ser aplicada somente em outubro.

O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira, pelo Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão, atendendo a um pedido feito pela Associação dos Docentes da Uerj (Asduerj), que comanda uma greve iniciada em março. O processo seletivo para ingresso de novos alunos em 2017 teve início em 12 de junho, quando foi realizado o primeiro exame de qualificação da universidade. Cerca de 80 mil estudantes disputam as 5.700 vagas disponíveis.

Às vésperas da aplicação da primeira prova, o reitor Ruy Garcia Marques se queixava de que a dívida já somava R$ 150 milhões e comprometia o calendário letivo da instituição. Na ocasião, ele reivindicava ainda recursos emergenciais para saldar compromissos com empresas terceirizadas de limpeza, manutenção e segurança.

Além de professores, estudantes e técnicos administrativos também estão em greve. Entre as pendências a serem resolvidas estão os planos de carreira dos professores, aumento da bolsa estudantil (de R$ 400 para R$ 556) e o passe livre estudantil intermodal e intermunicipal.

Outro empecilho é a falta de profissionais de limpeza — conforme a Uerj, a empresa responsável quebrou o contrato por falta de pagamento, um mês antes do fim do acordo. Uma licitação, segundo o reitor, teria de ser aberta. Os cerca de 500 funcionários demitidos estavam com até seis salários atrasados.

Segundo a presidente da Asduerj, Lia Rocha, a universidade não tem condições de funcionar. Ela diz diz que mesmo antes da greve iniciar em março, o estado não repassava o dinheiro do custeio, necessário para pagar conta de luz, de água e terceirizados. Hoje segundo, ele não há limpeza no campus e ascensoristas, entre outras coisas.

Para Lia Rocha, a reitoria só não adiou o vestibular antes, porque as inscrições já tinham sido efetuadas e o calendário divulgado. Porém, na sua opinião, a situação piorou nos últimos meses, tornando inviável a manutenção da data.

— Em junho, a gente ainda tinha as empresas terceirizadas. Agora, 500 trabalhadores foram mandados embora e nós estamos com o salário parcelado. Recebemos a segunda metade de maio. A situação piorou — afirmou Lia Rocha. — O governo tem obrigação com a universidade. É um serviço público que é oferecido. Não pode simplesmente fechar a universidade. O que está fazendo é um calote.

FONTE

Calendário

janeiro, 2019

Ordenar Opções

dom

seg

ter

qua

qui

sex

sab

-

-

1

2

3

4

5

6

7

8

9

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

25

26

27

28

29

30

31

Sem eventos.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Pela primeira vez, Sisu tem queda no total de vagas oferecidas
Pela primeira vez, Sisu tem queda no total de vagas oferecidas.

Edição do primeiro semestre de 2019 terá 235.476 vagas, número 1,7% menor que a do ano anterior; desde o lançamento do Sisu, em 2010, crescimento foi contínuo. A edição do primeiro semestre de 2019 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai ter um número menor de vagas do que a do ano anterior. Apesar da […] [mais]

Cai a concorrência de medicina – ainda curso mais disputado da Fuvest
Cai a concorrência de medicina – ainda curso mais disputado da Fuvest.

A Fuvest, fundação responsável pelo vestibular da USP (Universidade de São Paulo), divulgou nesta sexta-feira (16) a relação de candidatos por vaga para o vestibular 2019. As três carreiras mais concorridas, repetindo os anos anteriores, são de medicina nos campi de São Paulo (115,2), Ribeirão Preto (108,7) e Bauru (86,9), respectivamente. No entanto, foi observada […] [mais]

Novembro: Mês da Conscientização do Câncer de Próstata
Novembro: Mês da Conscientização do Câncer de Próstata.

O câncer de próstata é o tipo de câncer mais comum entre os homens. A próstata é uma glândula que está localizada na base da bexiga, na frente do reto. É normal haver um aumento natural da próstata à medida que os homens envelhecem. Contudo, o câncer de próstata é causado com um aumento desproporcional […] [mais]